Tudo o que vai, certamente, volta.





E o mal tão desejado nem chegou perto de mim, pois eu somente desejei o bem, nada além do que o bem. E o bem que desejei, voltou em dobro para mim, assim como também, o mal voltou em dobro para quem o desejou.

Luciana de Mira

0 comentários:

Postar um comentário