Não era.


Eu não queria saber da tua vida, mas você veio até mim de forma sutil e contou tudo o que se passava dentro e fora de ti. Mas ainda assim, não passe pela minha frente novamente e nem perca mais tempo, pois há coisas na vida, meu bem, que não tem mais motivo, razão ou porquês para acontecerem novamente.

Luciana de Mira

0 comentários:

Postar um comentário