E juro que com a bondade que há em mim, te escrevo, te descrevo.

Do céu pode cair chuva de pétalas se você quiser, então valorize-se! Pois você vai ver como realmente elas caem como chuva, colorindo todos os seus passos, te levando ao novo, ao novo amor, a nova vida, ao novo caminho de felicidade que já existe pronto para você alcançar.

E você alcança, olhando para frente, por passos delicados e firmes.

Sabe, nem tudo o que  se quer é o que realmente é pra ser e durante esse longo percurso que é viver, surgem situações desagradáveis sim. Mas no final das contas percebemos que foi melhor assim, que tinha que ser assim.

E o melhor de tudo, é dar muitas risadas do que já passou! Então dê realmente risadas do que passou, assim você não deixa rirem de você neste presente.

Nem tudo o que é de nossa vontade, é verdadeiro. Nada deve acontecer simplesmente porque queremos ou porque temos uma ilusória certeza de que vai acontecer. E se um dia aconteceu e passou, é porque era pra passar.
Viver de passado é viver em chuva de lama, daquelas que te sujam de uma forma que até te cega e tira o seu próprio valor, que te cega e te faz fazer coisas ridículas. Seja serena, seja limpa, seja livre  e intensamente feliz, se assim você realmente quiser!

Deixar o egoísmo de lado é uma das melhores atitudes, pois com o egoísmo, também lançamos fora o orgulho e então compreende-se que o amor não se compra, não se planeja, não se faz truques ou armações para se conseguir... Ele nasce, quer conquistemos, ou não... Ele nasce quando tem que nascer. E quando nasce, é para dois, não para um. Se nasce pra um, não é amor, é ilusão, é amor falso. Deixe o amor livre e ele te guiará ao caminho certo.

A hora de cultivar o amor já começou, e o amor que se deve cultivar com mais atenção,  com mais cuidado, com mais intensidade é o AMOR PRÓPRIO

VALORIZE-SE!

Luciana Mira.

0 comentários:

Postar um comentário