Com amor, o meu próprio, para elas.


 
Estou falando de amor-próprio. Chega de insegurança louca e ciumes doentios! Chega da falta dessa tal vergonha!

Ame! Mas antes de amar, ame-se.
E eu nada tenho com isso.

Luciana Mira

0 comentários:

Postar um comentário