Pedras, flores, borboletas e suas cores.


E nesta rua em que eu passei, haviam flores, mas também haviam pedras e escolhi pisar nas pedras e deixei as flores sorrirem pra mim e as borboletas livres para dançar e colorir o céu para mim, assim como na vida.
Luciana Mira

0 comentários:

Postar um comentário