O valor de ser


Há os que que admiram tanto o outro a ponto de querer vestir-se igual, de fazer-se gostar das mesmas coisas e  querer fazer o que o outro faz. Gente assim deixa-se de existir no perder de sua própria personalidade, passando a ser superficial e, infelizmente, até invejoso. Amar a si é fundamental para uma vida feliz e saudável. É tão mais bonito olhar pra si e ver o valor que tem, sem precisar trocar a si pelo o outro, sem precisar do desgaste que é querer ser aquilo que não se é.

Luciana Mira

0 comentários:

Postar um comentário