O Sol em Mim



O frio insiste em permanecer nesses dias que devem ser sol. Quero sentir o calor do sol e o vapor que flui do chão desta longa, longa e longa rua.

Mas chove… apenas chove e eu só penso em você. E pensar em você me deixa irradiante que ao mesmo tempo que chove, posso ser o sol e tudo e todos em minha volta  se aquecem.

Então danço por esta rua, iluminando e construindo sonhos, pois você está bem aqui, dentro de mim, levando-me por toda esta rua que juntos andamos de mão dadas e corações atados.

E desta rua que não há o que tirar e nem pôr, criou-se um nó em torno que a deixa completa e sem fim e eterna, assim como o nosso amor.

E assim, eu vou. E assim, a chuva vai.

Luciana mira

0 comentários:

Postar um comentário