Não existe o fim.



O fim? Que fim? Não exite fim. Pois tudo o que tem que ser eterno é eterno, nada do que é pra sempre um dia acaba. É obvio, não?! E se por um acaso eu vier a ver um fim, posso ter certeza de que esse fim está bem fora de minha realidade, então eu o lanço fora. E prossigo e sempre passando por cima. As coisas boas sempre eternizam. E eu sei bem disso.

0 comentários:

Postar um comentário