Ignoro as mal-amadas


E também as que fazem aquela expressão clássica de limão azedo
e curto a minha constante paz. 
Nada disso faz alguma diferença na minha vida.


luciana

0 comentários:

Postar um comentário