E eu quero e assim vou.


E carrego sempre no peito os filmes e fotografias desta  minha vida, que apesar de não ter tantos anos, é muito viva, vivida, cheia de cores, sabores e histórias boas para compartilhar. Como é bom saber viver! E mesmo quando se erra, quer crescer, quer viver... E eu quero e assim vou.


luciana

0 comentários:

Postar um comentário