Cante com a alma, cante pra Deus.


Ali, naquele canto da casa que ninguém vai, ela pegou seu violão e cantou com a alma. Colocou pra fora tudo o que o que tinha no peito. E a paz que tanto almejou, veio como chuva leve. Ela cantou, e pediu a Deus por uma ação, e Ele os males espantou.

Luciana Mira

0 comentários:

Postar um comentário