Te quero como meu ponto final...

Descobri que vale a pena ficar três horas te olhando sentada 
num sofá mesmo que o dia esteja explodindo lá fora.
E quando já não sei mais o que sentir por você, eu 
respiro fundo perto da sua nuca, e começo a querer 
coisas que eu nem sabia que existiam. 


Eu preciso disfarçar que não paro mais de rir, mas aí 
olho pra você e você também está sempre rindo. 
Se isso não for o motivo para a gente nascer, 
já não entendo mais nada desse mundo...

0 comentários:

Postar um comentário