Faz frio, sem você aqui...

Mas eu nunca, em nenhum momento, deixo de romantizar 
a vida, cada segundo, por mais podre que seja dela. 
Eu nunca deixo de procurar você.


Eu nunca deixo de acreditar que você exista. 
E eu nunca deixo de acreditar que você 
faz o mesmo a minha espera.

0 comentários:

Postar um comentário