Eu tinha [e ainda tenho]...

Uma vontade louca de mudar minha vida e apostar na tua, até a última ousadia. 
Queria mesmo que você revirasse minha rotina, 
e enchesse de purpurina o ceú do meu quarto, 




que você viesse no impulso para me assaltar, 
me mostrar o perigo de encontrar alguém, 
e dentro desse alguém, o Amor...

0 comentários:

Postar um comentário