Enquanto eu o observava...

Parado ali, bem atrás de mim...
Ele estava tão perto, e ao mesmo tempo tão longe...
Pensei em me aproximar...Em dizer tudo que me sufocava, em confessar o segredo, que ainda espero ser nosso...
Ele ainda me olhava, parecia enxergar minha alma, meu coração...
E isso me desconsertava... 

Por um minuto, imaginei seu abraço, o sussuro de sua voz em meu ouvido, o calor de suas mãos entre as minhas...
Mas, percebi que era apenas um pensamento, pois ele ainda continuava ali, imóvel, a me olhar...

0 comentários:

Postar um comentário