E quem diria? Ela gosta mesmo dele, não há mais como fugir ou fingir...


Tenho a impressão que ele também gosta dela, 
apesar de disfarçar tão bem. E ela ainda escreve, 
todos os dias, na esperança de que ele entenda, que 
se for a seu encontro com as palavras certas, 
ela não exitará em o aceitar..

0 comentários:

Postar um comentário