E eu ainda espero vê-lo voltar

Bater em minha porta, dizer que havia se enganado, que tentou, mas não conseguiu viver sem mim...

Eu ainda sonho com ele, ainda guardo suas fotos, ainda choro quando ouço nossa canção, ainda trago no peito aquelas doces lembranças, ainda guardo nos lábios o gosto do seu beijo, ainda me emociono quando leio suas cartas... 
Ainda espero ver tudo mudar... 

0 comentários:

Postar um comentário