Como num Romeu e Julieta moderno...

Vivíamos as sombras de um amor escondido...Encontros secretos, beijos tão esperados pela longa jornada de dias que pareciam não ter fim...Era uma espera tão sufocante, um segredo que nem mesmo meu olhar poderia revelar...Seu abraço era meu porto seguro, sentia-me em casa em qualquer lugar, se ao menos estivesse junto a ele...E quando ouvia seu nome, meu coração parecia ter vontade própria, minha pulsação acelerava, mas deveria permanecer ali, intacta, natural...

E o que realmente me mantinha viva, era a esperança de me aquecer novamente em seus braços, de viver o dia em que não precisaríamos mais nos esconder...

0 comentários:

Postar um comentário