Ainda acredito...


Que dentro de você, mesmo que seja um pequeno detalhe, preso nas lembranças que precisam ser esquecidas, ainda está guardado um pouco de mim, de nós...Acredito que dentre os teus sonhos, mesmo que seja apenas em um, ainda é nitido o sussurar da minha voz...
Acredito que no fundo dos teus olhos, naquele brilho que brinca com seu sorriso, ainda existem vestigios, peças de um quebra cabeça da nossa história mal resolvida, que o destino ainda insiste em cruzar, embaralhar os caminhos, revirar os sentimentos...
Talvez eu ainda acredite, porque é tudo que realmente sinto ao lembrar de você... 

0 comentários:

Postar um comentário