Quem nao sente...

                                                    
  Saudades do tempo de criança,quando ganhávamos toda a atenção do mundo, comíamos todas aquelas besteiras,sem se preocupar com a aparência,sempre éramos amigos de todos,nunca brigávamos,tempo em que éramos tomamos pelo gosto doce da inocência,onde tínhamos a confiança sobre tudo e todos,brincávamos de esconde-esconde sem um pingo de malícia,caíamos e levantávamos com lágrimas no rosto,mas logo estávamos lá, fazendo o mesmo,até conseguir acertar,onde foram parar esses momentos tão especiais de nossas vidas...só nos restam em nossas memórias,que se apagam com o tempo,e em nossas fotografias,que nos mostram o quanto éramos felizes,e não sabíamos,essa é a vida,e se deixarmos ela passar sem ser aproveitada,do que nos adianta viver

0 comentários:

Postar um comentário