Não tenho décadas

Não tenho décadas de experiência, sou adolescente, mas já aprendi muitas coisas. Aprendi que, se a vida fechar todas as portas, eu devo pular a janela e seguir em frente. Sei que a guerra e o ódio existem…
Mas a esperança e a fé também! A esperança é a última que morre e a fé não é necessariamente fé em alguém ou algo, mas fé em mim mesmo. Hoje eu posso estar na escuridão completa, mas amanhã de manhã o sol vai brilhar de novo na minha janela. E, nem sempre tudo é baseado em amor e carinho, mas sim em aceitação. Que, hoje não foi meu dia, mas amanhã eu posso fazer ele ser.

0 comentários:

Postar um comentário