NÃO TEMEREI


MAR ADENTRO

Não há mar profundo,
Não há águas revoltosas
Que nos amedrontem tanto
Quando temos ao nosso lado
O Senhor que acalma as ondas
E se não as tranqüiliza à nossa vista,
Faz com que aprendamos
a caminhar sobre elas.

0 comentários:

Postar um comentário